O programa Visão Crítica da TV Centro Oeste veiculado nesta segunda-feira (23) tratou da importância de Pontes e Lacerda continuar tendo representante na Assembleia Legislativa, como ocorre já há dez anos, ou dois mandatos e meio.

Do que foi abordado no programa, sabe-se que o município terá em torno de 25 mil votos válidos. Entretanto, historicamente, cerca de cinquenta por cento desses votos são direcionados para candidatos que não são de Pontes e Lacerda.

Romes Amurim (PPS), ex-vereador, ex-presidente da Câmara e ex-diretor do Escritório Regional de Saúde participou do programa e ressaltou que está entrando na disputa porque Pontes e Lacerda precisa manter a representatividade a nível estadual. Disse que a experiência no Legislativo Municipal pode lhe favorecer se for eleito para assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa.

Comentou também que, tão logo tomou a decisão de se tornar pré-candidato, foi procurar o prefeito Alcino Barcellos. Este foi claro ao afirmar que apoia outro candidato, o ex-prefeito de Nova Lacerda, Walmir Moretto.

Romes ressaltou que está recebendo apoio de vários partidos, principalmente do Partido Verde e que o deputado Wancley já se manifestou favorável à sua candidatura. “Estou otimista e acredito que com 13 mil votos a gente tenha a chance de ser eleito. Mas já estamos percorrendo vários municipios procurando estruturar os partidos em torno do nosso nome”, finalizou.