Wednesday, Jan. 23, 2019

Carregando ...

Sem qualquer apoio do poder público, continua crescendo número de empregos em PL

Escrito por:

|

4 de março de 2018 às

19:13

|

Postado em:

Sem qualquer apoio do poder público, continua crescendo número de empregos em PL

Enquanto o prefeito Alcino Barcellos  faz pose para vídeo e foto brincando de dirigir  trator – para delírio das Alcinetes e massagear o ego narcisista  – o nível de emprego continua subindo em Pontes e Lacerda.

Sem qualquer apoio ou participação do Poder Público Municipal, o município se destaca a nível estadual na geração de novas vagas de emprego, ficando atrás apenas daqueles que tem como atividade principal a agricultura.

Em janeiro, Pontes e Lacerda criou 119 novos empregos. Veja os dados a seguir:

Admissões  -511

Desligamentos– 392

Variação de emprego 1,51%

Nº de empregos formais – 1º Jan/2018 – 7.877

Nº de estabelecimentos – 2.045

Veja a relação dos cinco municípios de Mato Grosso que mais admitiram em janeiro/18:

Sorriso – 5,02%

Nova Mutum – 3,72%

Lucas do Rio Verde – 3,34%

Primavera do Leste – 2,65%

Pontes e Lacerda – 1,51%

Nos últimos doze meses o índice de emprego de Pontes e Lacerda também foi positivo de 4,10%.

Sem apoio

 Assim como as demais empresas que iniciaram suas atividades em Pontes e Lacerda nos últimos meses, a perspectiva de crescimento e a posição geográfica do município foram os principais indicadores para a escolha do município para investimento.

Não há qualquer incentivo da Prefeitura na atração de novos investimentos e nem para empresários que insistem em investir no município. Como exemplo, os impostos municipais são cobrados pelo teto máximo permitido (ISSQN é de 5% para todas as empresas) e não há parcelamento das taxas de alvará de funcionamento.

A implantação da planta frigorífica do Marfrig foi fundamental para esses índices de emprego. O inicio de funcionamento será dia 20 de março e, ao que se sabe, sem qualquer apoio da Prefeitura.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Atendendo pedido de Ivanildo Amaral, deputado Dr. Leonardo busca solução para crise da Santa Casa
Para desviar foco na crise da saúde Alcino faz críticas e nega sobre pressão do MP para construir ponte de concreto na Coura Garbim
Funcionários da Santa Casa preparam férias coletivas. Único anestesista foi embora

Deixe um comentário sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*