Foi realizado nas dependências da Acepl (Associação Comercial Empresarial de Pontes e Lacerda), uma palestra sobre os problemas e consequências da depressão. O evento aconteceu as 19 horas na noite desta terça-feira (27/08), reunindo enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes de saúde, psicólogos e alunos do Senac.

A Palestra foi organizada e realizada pelo Instituto Social Dr. Saúde, e tema principal que foi abordado foi: “Atendimento ao paciente suicida: uma abordagem prática e de prevenção”.

Segundo o Dr. Túlio Tomaz Richinho a depressão não é tão silenciosa. Ela emite alguns sinais que se observados, é possível identificar rapidamente se o paciente possuí pensamentos suicidas. “Depressão não é frescura, é doença e deve ser tratada”, ressaltou o doutor.

De acordo com informações, 17% da população irá ter depressão. 85% da população que sofre de depressão comete o suicídio, resultando em 800 mil mortes por ano, 1 a cada segundo.