Esse trator é da Prefeitura.

De acordo com informação do vereador Maxsuel Guimarães, está há mais de dois anos no pátio de uma oficina mecânica da cidade.

Há muito tempo o trator está consertado, pronto para uso. Entretanto, Alcino Barcellos até hoje não autorizou o pagamento do conserto estimado em R$ 16 mil, segundo informações, alegando que não foi ele quem mandou arrumar.

Prefere comprar maquinários novos para agradar empresários rurais enquanto manda para escanteio pequenos produtores que aguardam há tempo um trator para gradear a terra e iniciar o plantio.

Num País sério essa ação – ou falta de ação – tem nome: improbidade administrativa.