Alcino acusa diretores da Santa Casa…..É mentira!

Vereadores prometem documento que denuncia prefeito….É mentira!

Diretor da Santa Casa pede auditoria no hospital…. É mentira!

Alcino não vai comprar raio-X….É mentira!

Ele quer mandar na Santa Casa….É mentira!

Se fosse junho ia “cair como uma luva”. Mas é sério. No episódio do prefeito contra a Santa Casa está tudo acertado. Muita conversa e reuniões tiveram como resultado o “faz-de-conta” que tudo o que existiu, na realidade, faz parte do imaginário das pessoas de bem ou até mesmo de alguns políticos sérios.

Ficou claro? Lógico que não.

Afinal, a história parece que está sendo recontada, não da forma como realmente aconteceu, mas da maneira como interessa aos protagonistas.

Na nova versão parece que Alcino Barcellos não se reuniu com vereadores na semana passada. Se a reunião aconteceu, o prefeito nada teria dito que desabonasse a conduta e a postura dos administradores da Santa Casa.

Na história reescrita o Conselho Curador do Hospital se reuniu também na última semana, só que para tratar de assuntos triviais. Pelo jeito não foram os vereadores que pediram a reunião. Não se sabe porque os membros do Conselho ficaram tão irritados com declarações do prefeito, se alguns que as ouviram nem sequer se lembram se elas foram realmente proferidas.

Da nova história, de todo o episódio sobre as acusações que o prefeito teria feito contra os que administram o hospital sobraram somente duas verdades: a primeira é que Alcino Barcellos vai comprar o aparelho de raio-X do jeito e no prazo que ele quer. Sem pressa e gastando somente o que ele decidiu.

A segunda é  que o prefeito manda na Prefeitura e quer fazer o mesmo na Câmara. Como assim? Alcino manda e faz o que pensa, mesmo quando a Câmara decide o contrário. E mais, ele decide quais os vereadores ele quer que participe nas suas reuniões.

Na última, Barcellos exigiu que Maxsuel Guimarães e Antonio da Dengue ficassem de fora.

Na nova história recontada pelos atores, a verdadeira ficou borrada. Mas não apagada.

Coisa séria

A única coisa séria que está acontecendo, neste momento, é o Leilão Solidário que vai destinar recursos para a Santa Casa e Hospital do Câncer de Cuiabá. Promovido por pessoas sérias, elas tem consciência de que só um Hospital bem equipado e administrado por representantes da própria comunidade pode atender aos anseios da população, no que se refere à saúde. Exemplo de seriedade e de comprometimento com a causa pública a ser seguido pelo políticos.

Faça a sua doação. E depois compareça ao leilão e dê seu lance. E ajude a Santa Casa e o HC de Cuiabá.

Todos podem precisar. Inclusive os políticos.