Um vazamento de amônia foi registrado no frigorífico da JBS, localizado na BR 174, na cidade de Pontes e Lacerda. O fato deixou funcionários em pânico. A maioria deles correram para a rodovia para evitar a intoxicação.

O acidente aconteceu na noite de segunda-feira (24/09). De acordo com a empresa, houve uma falha no sistema de proteção e detecção de amônia na unidade, mas rapidamente foi contido pela equipe de brigada do frigorifico. Os funcionários que estavam próximo ao local do vazamento foram levados para o hospital para um procedimento médico. Não foi informado quantas pessoas foram atingidas pelo produto.

A empresa está localizada na BR 174, cerca de 15 km de Pontes e Lacerda, sentido ao estado de Rondônia. Enquanto a equipe de brigada trabalhava para isolar a área, os bombeiros foram acionados via 193, mas chegando ao local a situação já estava contida. “Levamos menos de 10 minutos para chegar ao local porém a equipe de brigada trabalhou muito rápido para evitar um problema maior. Haviam vários funcionários na rodovia assustados com a situação. Deslocamos com o caminhão pesado e com a ambulância, mas não precisamos usar, pois o problema já estava controlado”, enfatizou o sargento Rossi.

A PRF foi acionada para conter o transito para evitar acidentes na BR.

O problema foi resolvido e as atividades foram retomadas na manhã desta terça-feira ( 25).

O que é amônia?

A amônia é um produto básico na indústria química e tem aplicações domésticas e industriais. Na indústria, a amônia é usada no refino de petróleo, como insumo na fabricação de produtos farmacêuticos e como gás refrigerante nos processos de resfriamento de câmaras frigoríficas e ar condicionado industrial. Na agricultura, a amônia pode ser usada na fabricação de fertilizantes, e no tratamento antifúngico para os citrinos.

A amônia também pode ser produzida naturalmente quando os materiais armazenados como esterco, compostagem e outros materiais orgânicos se decompõem.