Durante a Ordem do Dia da sessão na Câmara desta segunda-feira (28/05) alguns vereadores de Pontes e Lacerda admitiram que estão analisando farta documentação que pode levar ao pedido de uma nova Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar ações da administração do Prefeito Alcino Barcellos.

Pelo menos quatro parlamentares já tiveram acesso aos documentos onde há, segundo eles, “claros indícios de irregularidades”.

Na oportunidade foram citadas as investigações que estão sendo feitas pelo Ministério Público, como a publicidade na etapa estadual de Motocross, a aquisição das palmeiras e também o não cumprimento do TAC – Termo de Ajustamento de Conduta – no caso das vagas nas creches municipais cujo prazo, segundo os vereadores, não teria sido cumprido pelo prefeito de Pontes e Lacerda.

Tem vereador que já decidiu não conversar mais com o prefeito, preferindo tratar os assuntos com os secretários. “Alcino mente demais”, criticou o parlamentar.