A TV Centro Oeste recebeu a denúncia de que a coleta de lixo não estaria sendo realizada em vários bairros da cidade de Pontes e Lacerda. Após constatar a situação, foi marcado uma reunião na Câmara de vereadores para resolver o problema, que por sinal é antigo.

O Contrato

A empresa Valleu foi contratada em 2016 por um valor de R$ 168.900,00 para  realizar o serviço de coleta, nesse período haviam 2 caminhões em funcionamento e um de reserva.

O problema

Em 2017, foi realizado uma redução no valor do contrato, voltando para R$ 149.011,00. Devido essa queda nos valores, ficaram apenas 2 caminhões em funcionamento sem nenhum de reserva.

No ano de de 2016 foram coletados cerca de 635 toneladas de lixo, já no ano seguinte – com o surgimento de novos bairros e residenciais – a quantidade passou para 800 toneladas.

De acordo com o administrador da Empresa, quando há problema de manutenção, as peças vem de outros Estados como São Paulo, Curitiba entre outros, havendo demora no conserto.

Outra reunião foi marcada para semana que vem e o prefeito foi convocado para participar.